chris matallo

chris.png

Chamada de "Carmen Miranda" do tap dance pelo “The New York Times”. A única artista mulher que sapateia e toca sax tenor simultaneamente.

Como coreógrafa, ela dirigiu e produziu espetáculos internacionalmente. Como educadora, ela ministra oficinas em todo o Brasil, bem como em diferentes países.

Como atriz e cantora, atuou no elenco de New York, New York - O MUSICAL, dirigido por José Possi Neto, em 2011, 2012 e 2013, inclusive na turnê pelo Brasil.

Foi preparadora e supervisora de tap dance no musical "Crazy for You" no Brasil, dirigido por José Possi Neto, estrelado por Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em 2014.
Coreografou "Singing In The Rain" em São Paulo e, em 2017, ganhando muitos prêmios como melhor coreografia.

Em 2017, foi convidada para coreografar “House Of Murals” ao lado da sapateadora com Corinne Karon e a Dra. Leslie Elkins, no Departamento de Dança e Teatro da Universidade New Rownes Rowan em New Jersey nos Estados Unidos.

Prepara artistas e treinando sapateadores em como aplicar seu trabalho a outras linguagens artísticas (como o desenvolvimento do canto e cenas) destacando nomes importantes do cenário nacional e mundial como Cláudia Raia, Jarbas Homem de Mello, Reginaldo Sama, Gabriel Godoy, André Bankoff, entre outros. Ocupou a cadeira de sapateado americano no departamento técnico de teatro musical do SESI-SP em 2014 e 2015 e 2016.

Em 2016, foi homenageada pela UCTT (Universidade de Arte) na Filadélfia, EUA, como uma dis maiores nomes de sapateado do mundo em 2015.

Desenvolve desde 2018 um projeto chamado "B.r.U.s" com o percussionista da Filadélfia Jim Hamilton.
"B.r.U.s." é uma colaboração internacional, mesclando as tradições de percussão do Brasil e dos Estados Unidos, através da lente do tap dance. B.r.U.s vem fazendo inúmeras turnês pelo Brasil, Estados Unidos Europa.

Sapateadora, coreógrafa, musicista, estudiosa das artes, Christiane Matallo iniciou suas aulas de dança com apenas 2 anos e meio de idade e aulas de teatro no Jardim Encantado das Artes de Leticia Urbana e Maestro Urban. Teve como sua primeira professora de tap dance, a precursora de Campinas, Gioconda Saba.

Formada em Dança pela Unicamp em 1993 e Pos graduada em artes, foi pesquisadora e frequentou a universidade 10 anos desenvolvendo projetos multidisciplinares. Foi pesquisadora do Núcleo de Núcleo Interdisciplinar de Comunicação Sonora (Unicamp) trabalhando com arte e tecnologia no Projeto AtoContAto coordenado pelo Dr. Jonatas Manzolli.

Em 1997 e 1998, ela apresentou o projeto na Inglaterra e em 1999 em Viena, na Áustria. Mais tarde, fez pós-graduação em artes na UNICAMP - SP.

Estudou piano clássico e popular no Conservatório Musical de Campinas com a Vitória Régia, com a falta da Olga Normanha e aos 17 anos iniciou os estudos com o sax tenor. Iniciando estudos de teatro aos seis anos, ela começou a desenvolver seu trabalho artístico, combinando dança e elementos de outras linguagens artísticas, como canto e cena.

Em 1995 fundou o Studio de Dança Christiane Matallo com aulas regulares de diferentes tipos de dança em sua cidade natal Campinas.

Ela é diretora artística e organizadora do Brazil International Tap Festival desde 1999.
Com o objetivo de popularizar a arte da sapateado, ela trouxe alguns dos melhores profissionais do mundo, como Jason Samuels Smith e outros. Ela também organizou a Sapateia São Paulo, celebrando o Dia Internacional da Tap (25 de maio) em São Paulo onde aprovou a lei municipal que reconhece o dia internacional do sapateado americano (25 de maio) no calendário oficial do município de São Paulo.

Fez inúmeras turnês ao lado do baixista Gilberto de Syllos o espetáculo “da corda pro Pe”, que reúne música, dança, canto e poesia.

Em junho de 2006, Christiane Matallo lançou seus DVDs de sapateado, até então nunca antes vistos no Brasil, em parceria com o So Dança. Além das aulas destinadas a crianças e outros profissionais, o trabalho inclui clipes, jogos interativos e elementos históricos. Os DVDs foram distribuídos em mais de 60 países.

Chris produz, ensina e se apresenta pelo mundo destacando; EUA (LA Tap Festival, Tap City, DC Tap Festival, Saint Louis Tap Festival), cidades como New Jersey, Chicago e Filadélfia). Pela Europa trabalhou em Londres, Bristol, Praga, Pilsen, Paris, Barcelona , Winterthur, Zürich, Lisboa, Viena,Stuttgart, Roma e Firenze.