Fernando Flesch

flesch.png

Natural de Florianópolis, começou o estudo do sapateado em 2003 com a
professora Bia Mattar. Viajou para vários lugares diferentes buscando aprofundar
seus conhecimentos no sapateado, percorrendo Brasil, Estados Unidos, Alemanha,
Suécia, Croácia, Espanha e República Tcheca.
Atualmente desempenha importante papel na cena do sapateado em Florianópolis.
É professor da Cenarium Escola de Dança, onde coordena o núcleo de sapateado,
e integrante da banda "Step by Tap", com a qual realiza performances de sapateado
com música ao vivo em bares e eventos da cidade. Foi integrante da Cia. Trupe Toe,
sob direção de Marina Coura.
desenvolveu a pesquisa "opus urbanus", que aborda o sapateado americano como
um possível agente transformador da urbanidade dos espaços da cidade. Autor da
pesquisa "DISTORÇÃO", selecionada pelo edital Aldir Blanc SC, sob direção de
Adilso Machado, que busca experimentar e explorar o tap, ampliando o
desenvolvimento corporal atribuído à prática, acrescentando e contribuindo à
expressividade da dança.